Dourados-MS,
PRINCIPAL OK

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) suspendeu todas as competições nacionais de futebol, dentro do Brasil, por tempo indeterminado. A medida entra em vigor a partir de hoje (16), no entanto não atinge os torneios estaduais que estão em andamento, que segundo a Confederação, ficará a cargo das federações locais.

A decisão atinge a Copa do Brasil, Campeonatos Brasileiros Femininos A1 e A2, Campeonato Brasileiro Sub-17 e Copa do Brasil Sub-20, que são competições que estão em andamento. "Sabemos e assumimos a responsabilidade do futebol na luta contra a expansão da covid-19 no Brasil", declarou o presidente da entidade, Rogério Caboclo, por meio de nota oficial.

A direção da CBF ponderou que esta decisão foi tomada após contato permanente com o Ministério da Saúde. Sobre os campeonatos estaduais que estão em atividade, a decisão será das federações locais, que são responsáveis por organizar as competições. “Elas terão deliberações específicas para cada competição, sendo respeitada sua autonomia local”, diz a nota.

O Campeonato Sul-Mato-Grossense de futebol continuou neste final de semana, sem nenhuma restrição, inclusive com a abertura dos portões para as torcidas. No entanto, a Prefeitura de Campo Grande já anunciou que vai suspender a participação de público em eventos esportivos por 15 dias, começando pela segunda-feira (16).

Aluno do projeto Escola de Esporte, projeto social da Funed (Fundação de Esportes de Dourados), teve aluno aprovado em um clube do interior paulista. Erick Pinto, 16 anos fazia parte da escolinha de goleiros e já está treinando no América de São José do Rio Preto (SP).

De acordo com o ex-atleta Moacir Amorim, responsável pelos treinamentos, o jovem foi aprovado na primeira avaliação técnica e física que fez nas categorias de base da tradicional equipe do interior paulista. Ele também já está estudando.

“Ficamos muito feliz com a notícia de que o Erick havia sido aprovado na avaliação que fez no América, pois este clube é um dos maiores reveladores de jogadores do interior paulista”, disse Moacir Amorim, lembrando que o jovem já estará integrando a equipe no campeonato paulista sub-17.

Nascido em 23 de dezembro de 2003 e filho de Irma Chaves de Andrade e Alcides Pinto, moradores no Jardim Florida 2, Erick Pinto tem 1,88 de altura e estava há dois anos na escolinha, sob o comando de Moacir Amorim.

A ESCOLINHA

A escolinha de goleiros da Funed atualmente funciona às terças e quintas-feiras, no Centro Desportivo José Moacir Hammel da Silva, o “Gavião”, no bairro Terra Roxa, das 14h30 às 16h30, com trabalho físico e específico com bola.

Atualmente conta com 12 alunos com idade entre 8 e 17 anos.

O Corumbaense foi rebaixado para a série B do Campeonato Sul-mato-grossense, devido a escalação irregular do lateral-esquerdo Vandinho em três jogos do Estadual.

Durante o julgamento realizado pelo TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul) nesta quarta-feira (11) na Câmara de Vereadores de Campo Grande, o time foi punido com a perda de 16 pontos e multa de R$ 500,00. Com a penalidade, o Corumbaense, que tinha apenas 7 pontos, ficou com -9 pontos. A decisão cabe recurso.

Os julgadores consideraram a punição de 3 pontos por jogo que o atleta atuou de forma irregular (totalizando 9 pontos), além dos 7 pontos conquistados nas partidas (contra Serc, Aquidauanense e Comercial), segundo o portal Arquibancada MS.

De acordo com a denúncia, Vandson foi punido no Estadual do ano passado com dois jogos de suspensão. Neste ano, o Corumbaense contratou o jogador, que cumpriu uma partida sem jogar, no dia 09 de fevereiro, na derrota para o Águia por 2 a 1, restando então, uma outra partida longe dos gramados a ser cumprida.

Mas, segundo o Hora MS o primeiro jogo irregular registrado foi no dia 15 de fevereiro, na vitória sobre a SERC-Chapadão por 2 a 1. Em seguida, dia 22 de fevereiro, no empate com Aquidauanense por 0 a 0. A última partida irregular do jogador foi na vitória de 1 a 0 contra o Comercial-MS, no dia 7 de março.

O julgamento beneficiou o Pontaporanense e Cena, que ainda podem continuar sonhando com uma vaga nas quartas de final.

A segunda rodada do Grupo D da Libertadores, teve vitória por 3 a 0 do São Paulo sobre o LDU, na noite desta quarta-feira (11), no Morumbi.

O lateral Reinaldo foi quem abriu o placar aos 13 minutos de jogo com gol de pênalti. No minuto seguinte, Daniel Alves foi responsável pelo segundo gol do time em campo. Para o desesperado do LDU aos 15 minutos do segundo tempo, Igor Gomes ampliou a vantagem para o São Paulo.

Com o resultado de hoje, o São Paulo estacionou na segunda colocação do Grupo D, com três pontos, enquanto a LDU também têm três pontos, mas está em terceiro.

Rivalidade sem limites tende a provocar distúrbios e a regra valeu para o primeiro Grenal da história da Libertadores, realizado nessa quinta (12), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O placar de 0 a 0 foi um pouco melhor para o Internacional, que se manteve na liderança do Grupo E, com o mesmo número de pontos do Tricolor, mas com vantagem no saldo de gols. No entanto, o futebol deu lugar a muita confusão em campo, com brigas e oito expulsões.

De certo modo, o embate fez lembrar o clássico disputado em 20 de abril de 1969, na inauguração do Beira-Rio. O Inter convidou o Grêmio para a festa, do que se lamentaria até hoje. Naquela oportunidade, houve um confronto generalizado entre os jogadores dos dois times e 20 deles acabaram expulsos.

publicidade

Tudo começou quando o então defensor gremista Valdir Espinosa, que morreu há duas semanas, percebeu que o uruguaio Urruzmendi, do Inter, atingiria com rispidez o goleiro Alberto numa dividida e o interceptou com muita disposição. Eram 37 minutos da etapa final e o tempo fechou ali. Socos, pontapés, voadoras. Houve de tudo naquele 189º Grenal, que também terminou sem gols, e coube ao árbitro Orion Satter de Mello punir os jogadores sem nenhuma cerimônia.

Agora, o conflito se deu quando Moisés e Pepê se estranharam após uma dividida ríspida, já aos 40 minutos do segundo tempo. Formou-se então um bolo de gremistas e colorados ao redor deles. Na sequência, Edenilson pegou Luciano pelo pescoço e acabou levando um tapa. A partir disso, o gramado virou palco de uma nova sessão de socos, pontapés e muita correria em campo.

Diante daquele cenário que estragou o clássico e desencantou a maior parte dos 53 mil torcedores presentes ao estádio, o árbitro argentino Fernando Rapallini expulsou Pepê, Luciano, Caio Henrique e Paulo Miranda, do Grêmio, e Praxedes, Edenilson, Moisés e Victor Cuesta, do Internacional. Se a Confederação Sul-Americana agir com rigor, eles podem pegar um gancho de mais de uma partida, o que representaria um prejuízo técnico muito grande para as duas equipes.

Em mais uma partida em que reafirmou a qualidade técnica de seus astros, o Flamengo venceu o Barcelona-EQU, por 3 a 0 na noite desta quarta-feira (11), no Maracanã, pela segunda rodada do Grupo A da Libertadores.

Gustavo Henrique foi quem abriu o placar aos 37 minutos de partida. No lance, o jogador recebeu cruzamento de Everton Ribeiro, dominou e mandou a bola por cima do goleiro Mendoza. Logo em seguida quem ampliou a vantagem foi Gabigol e no comecinho do segundo tempo, Bruno Henrique fechou o placar com chave de ouro ao marcar de cabeça.

Classificação - O Flamengo marcou seis pontos em dois jogos, mas está em segundo lugar na classificação, atrás do Independiente del Valle no saldo de gols (6 a 4). Os dois times se enfrentam na quinta-feira, dia 19, no Equador.

O atacante Luiz Fernando foi o principal destaque do Botafogo, e responsável pela vitória do time sobre o Paraná por 1 a 0 em partida pela 3ª fase da Copa do Brasil, na noite desta terça-feira (10).

O jogador abriu o placar aos 11 minutos do primeiro tempo, no cantinho do gol de Marcos. Com o resultado, o Botafogo vai para a segunda partida com a vantagem do empate. O jogo de volta está marcado para quarta-feira, no Durival Britto.

Conforme o Globo Esporte, o Botafogo se classifica com qualquer vitória ou empate; já o Paraná só avança se vencer por mais de dois gols de diferença. Vitória do Paraná por um gol de diferença leva a partida para os pênaltis.

Mais Artigos...