Dourados-MS,

Cruzeiro confirma a contratação do meia Régis, que estava no Bahia

Esporte
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O Cruzeiro confirmou a contratação do meia Régis, de 27 anos, que estava defendendo o Bahia. Faltava apenas o anúncio e o acerto de detalhes do negócio, que estava na fase de troca de documentações. O jogador foi um pedido do técnico Enderson Moreira.

Régis comentou sobre a chegada ao clube azul e demonstrou satisfação em jogar na Raposa.

-Muito feliz com a oportunidade de vestir a camisa de um gigante como o Cruzeiro. Desde o começo, nas primeiras conversas, já fiquei honrado com o interesse do clube e agora estou muito feliz que se concretizou. Todo mundo sabe da importância que o Cruzeiro tem no Brasil-, disse.

O contrato do jogador com o Cruzeiro vai até o fim do ano, mas se iniciará no dia 1º de maio. O acordo entre mineiros e baianos é de empréstimo, com com o Tricolor de Aço pagando parte dos salários.

-Um clube de muita tradição, com uma torcida apaixonada. Chego com muita vontade de colocar o clube no seu devido lugar e fazer história com essa camisa. Estou motivado e preparado para o desafio. Bora, Cabuloso-completou.

Se o Cruzeiro conseguir o acesso à Série A do Brasileiro em 2021,o contrato de Régis será renovado automaticamente até o fim do ano que vem, com o Cruzeiro ficando em definitivo com o atleta. O Bahia vai manter parte dos direitos do jogador, caso haja uma negociação futura.


Já chegaram para o time azul além de Régis os meias-atacantes Everton Felipe e Roberson, o lateral-esquerdo, João Lucas, os zagueiros Ramon e Marllon, os volantes Filipe Machado e Jean, além dos os atacantes Marcelo Moreno, Jhonata Robert e Angulo.

O interesse do Cruzeiro em Régis é uma recorrência desde o início do ano, ainda sob a gestão de Adilson Batista. Porém, o clube nunca avançou nas negociações, tratando como possibilidade a sua contratação. Mas, com a chegada de Enderson Moreira, a Raposa pode voltar à carga e tentar fechar com o meia do Tricolor de Aço.

Régis está em um momento de baixa na carreira. Este ano fez apenas dois jogos pelo Bahia, sem marcar gols e em 2019, jogou apenas sete vezes,também sem deixar sua marca nas redes. O melhor ano de Régis no Bahia, foi em 2017, quando jogou 49 vezes, marcando 13 gols. O meia tem passagens por São Paulo, Chapecoense, Sport, Corinthians e Bahia.