Dourados-MS,
Câmara_plano_diretor

A secretária municipal de Saúde, Berenice Machado de Souza, disse nesta segunda-feira que recebeu com estranheza a manifestação do vereador Olavo Sul (Patriota) que, em matéria distribuída à imprensa pela assessoria parlamentar, afirmou que o Hospital da Vida recebeu R$ 15,6 milhões do governo do Estado nos últimos cinco meses.

“Não sei onde o vereador colheu esta informação. Acredito que não seja da secretaria estadual de Saúde. Até porque seria muita irresponsabilidade passar uma informação que não é verdadeira”, comentou a secretária.

De acordo com Berenice, o repasse mensal que o governo do Estado faz para o Hospital da Vida é de R$ 1 milhão. “Impossível que o hospital tenha recebido R$ 15,6 milhões em cinco meses. Para atingir este montante é necessário somar o repasse de um ano e três meses”, comparou.

Conforme demonstrativo, os repasses recebidos pelo HV entre janeiro e maio de 2019 somam R$ 7 milhões, incluído montante que estava represado e que foi normalizado pela Secretaria de Estado de Saúde.

Atração tradicional dos douradenses, a 42 ª Festa Junina está sendo estruturada pela Prefeitura de Dourados para oportunizar momentos de lazer para toda a família. De 14 a 16 de junho, na Praça Antonio João, o evento terá shows regionais, apresentações de quadrilhas juninas, praça de alimentação, a final do Fecad (Festival Estudantil de Canção e Dança de Dourados), concursos, entre outras atividades.

A Secretaria Municipal de Cultura estrutura a programação. Já estão confirmadas diversas barracas de alimentação, ambulantes e foods trucks, com garantia de comida típica junina e uma ampla gastronomia (lanches, espetos, pastéis doces, massas e outros).

Para a proxima sexta-feira, dia 14, a Festa contará com a final do Festival Estudantil de Canção e Dança de Dourados, a partir das 20h.

No sábado, dia 15, show com a dupla Paulo e Jean e com Guilherme Consttan. Na data, também tem início as apresentações das quadrilhas juninas. As ações têm início a partir das 20 horas.

Já no domingo, dia 16, as apresentações musicais ficarão sob o comando das cantoras Ana Karla e Paolla, a partir das 20h.

Também no dia 16, o Parque de Diversões terá entrada gratuita, entre 13 e 17 horas; também haverá apresentações de quadrilhas juninas, a partir das 17 horas.

A Guarda Municipal e a Polícia Militar atuarão para garantir a segurança do público durante todo o evento.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas via telefone da Secretaria Municipal de Cultura, via telefone: 3411-7709.

Em reunião na Secretaria Nacional da Aviação Civil (SAC) nesta quarta-feira (12), o governador Reinaldo Azambuja viabilizou a liberação de recursos para obras de melhoria e ampliação em quatro aeroportos de Mato Grosso do Sul. Com o secretário nacional da Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann, foram definidos projetos de investimentos para os terminais de Campo Grande, Dourados, Bonito e Coxim.

Juntos, os quatros aeroportos devem receber aportes financeiros que ultrapassam os R$ 116 milhões. "São recursos importantes que vão melhorar parte do modal aeroviário de Mato Grosso do Sul. Estamos construindo uma lógica para nosso sistema de transporte aéreo", declarou Reinaldo Azambuja após o encontro realizado em Brasília (DF).

Segundo informou o governador, em julho a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e a SAC vão autorizar o início da obra de reestruturação do Aeroporto Internacional de Campo Grande – com investimentos superiores aos R$ 55 milhões.

á no Aeroporto Regional de Dourados – Francisco de Matos Pereira serão investidos cerca de R$ 50 milhões, entre recursos já garantidos e emendas do Orçamento da União. O Exército e a Secretaria Nacional da Aviação Civil são responsáveis pelos processos licitatórios. A estimativa é que as obras de remodelagem do aeródromo iniciem ainda este ano.

O Aeroporto Regional de Bonito, que já passa por obras de melhorias, tem recursos garantidos em R$ 7 milhões. Para o Aeroporto Municipal de Coxim a garantia de investimento é de aproximadamente R$ 4 milhões – em obras na pista e no balizamento.

Integração ferroviária

Também na Capital Federal, o governador Reinaldo Azambuja tratou de investimentos necessários para a concretização da Ferrovia Transamericana – corredor ferroviário que irá ligar o Porto de Santos aos portos chilenos, passando por Mato Grosso Sul. O ministro Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) informou que a inclusão do trecho da Malha Oeste, que liga Corumbá a Mairinque (SP), será incluído no PPI (Programa de Parcerias de Investimentos) assim que as negociações para a prorrogação da concessão da Malha Paulista forem concluídas.

"Nós saímos da reunião com o ministro com o compromisso de que a Malha Oeste estará na PPI assim que a prorrogação da Malha Paulista for concluída. Esse é um projeto fundamental para o nosso Estado, pois vai nos proporcionar um ganho logístico importante e nos deixar mais competitivos", comentou o governador.

O encontro ainda contou com as presenças do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, e do secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

Corredor Bioceânico

Também na reunião no Ministério da Infraestrutura foram tratadas ações relativas à obra do acesso ao local da ponte que irá ligar a cidade de Porto Murtinho a Carmelo Peralta, no Paraguai. De acordo com o ministro Tarcísio Freitas, o Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental (EVTEA), que está sendo feito pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), deverá ser concluído e revisado até o final deste mês de junho, sendo posteriormente entregue às autoridades paraguaias.

Doutora em Educação pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), e atualmente professora Adjunto lotada na Faed (Faculdade de Educação), a professora Mirlene Ferreira Macedo Damazio foi designada pelo presidente Jair Bolsonaro como Reitora Pro-Tempore da UFGD em Dourados.

Damazio possui experiência na área de Educação, com ênfase principalmente nas áreas de currículo, planejamento educacional, formação de professores, inclusão escolar, atendimento educacional especializado, avaliação e as várias pedagogias. Foi coordenadora da área da surdez do Projeto de Formação Continuada à Distância de Professores para o Atendimento Educacional Especializado do Programa Educação Inclusiva Direito à Diversidade do MEC e possui livros publicados nessa temática.

A professora Mirlene é graduada em Pedagogia pela UFU (Universidade Federal de Uberlândia), onde concluiu também o mestrado em Educação, reforçado depois pela especialização em Educação para a Diversidade Humana, na Universidade de Salamanca.

A Portaria 1132, assinada pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi publicada na edição desta segunda-feira (10) do Diário Oficial da União e coloca fim, por enquanto, na polêmica da eleição que escolheu o professor Etienne Biasotto para o cargo de Reitor, em processo questionado pelo MEC.

Mais Artigos...