Dourados-MS,
BANNER 1 - Camra-20-11- (1000X90)

A partir de agora os bares poderão voltar a funcionar em Dourados. A prefeitura republicou, nesta quarta-feira (20) o Decreto Municipal do último dia 17 de janeiro, em que proibia o funcionamento dos bares na cidade.

Dessa forma, os bares poderão funcionar no mesmo sistema das conveniências. Fica permitido o funcionamento de segunda a domingo, das 11h às 18h, e após isso, somente na modalidade “pegue e leve”, por meio de janela, de segunda a domingo, das 18 às 22h.

Com a mudança, a suspensão do funcionamento das atividades só vale para tabacarias, boliches e sinuca.

Em decreto publicado na noite desta quarta-feira (20) no Diário Oficial do Município, a Prefeitura de Dourados cria um sistema de transparência para os procedimentos da vacinação contra a Covid-19.

O decreto de número 37, permite que os dados da Campanha de Vacinação contra o coronavírus, como atendimento de cobertura vacinal aos grupos prioritários estabelecidos pela Secretaria Estadual de Saúde e Ministério da Saúde, sejam de conhecimento público, podendo ser acessados por qualquer pessoa.

Segundo o documento “é dever dos órgãos, especialmente da Secretaria Municipal de Saúde, independente de requerimento, fornecer, semanalmente, à Assessoria de Comunicação do Município de Dourados, planilha, conforme modelo contido no anexo, com todas os nomes das pessoas vacinadas no município, a fim de serem

divulgados na página oficial da Prefeitura na Internet”. Além do nome do vacinado, a planilha também prevê informações como idade e o grupo prioritário do qual a pessoa faz parte.

O decreto prevê a divulgação contendo apenas o primeiro nome do cidadão vacinado, acompanhado das iniciais dos demais sobrenomes, a fim de resguardar a intimidade das pessoas, sem prejuízo da manutenção da planilha contendo os dados completos nos arquivos da Secretaria Municipal de Saúde, para caso estes sejam requisitados por órgãos de controle em geral.

“Estamos lidando com saúde e, nesse momento, temos que cuidar para que todos os protocolos sejam seguidos à risca, principalmente porque o trabalho está apenas começando. Por isso, a transparência é essencial para que possamos garantir que todos recebam as doses da vacina”, disse o prefeito Alan Guedes.

Doses

Segundo o secretário municipal de Saúde, Frederico de Oliveira Weissinger, na tarde desta quarta-feira (20) o município repassou à Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) as primeiras duas mil doses para que o trabalho de imunização comece nas aldeias de Dourados.

A previsão, nessa primeira fase, é que em Dourados sejam vacinadas 14.894 pessoas, considerando que o município recebeu 29.788 doses e o plano prevê duas doses para cada pessoa num intervalo de 28 dias.

Visando a economia e a sustentabilidade, o presidente da Câmara Municipal de Dourados Laudir Munaretto (MDB), juntamente com a Mesa-Diretora da Casa, estuda a implantação de um sistema para modernizar os processos legislativos. Em alguns setores, como na Secretaria, esse trabalho ainda é realizado de forma manual. 

Em reunião realizada no plenarinho na terça-feira (19), seguindo os protocolos de biossegurança contra a Covid-19, a empresa GOVBR apresentou para a secretária Legislativa Tatiana da Silva Morena, ao diretor Fabiano Costa, ao responsável pela Controladoria do Legislativo Carlos Augusto Nantes, o software que otimiza os serviços dos servidores públicos.

Por meio da plataforma, as pautas discutidas e votadas nas sessões ordinárias, contratos e pagamentos serão todas digitalizadas, o que deve agilizar a execução do serviço e estreitar a comunicação entre os vereadores e o cidadão. 

“A proposta da presidência é modernizar a Casa. Dar mais agilidade aos processos, e fazer com que o cidadão se comunique mais e melhor com a Câmara Municipal, seja por meio de uma plataforma, como também, via aplicativo”, enfatizou o gestor público Augusto. 

Neste primeiro momento, foi apresentado e detalhado a proposta de como o software funciona. O representante da GOVBR detalhou que o projeto apresentado à Câmara Municipal de Dourados tem o intuito de dinamizar o processo legislativo da Casa e gerar mais economia aos cofres públicos, reduzindo o uso de papel.  

Um enfermeiro intensivista que atua na linha de frente de combate ao coronavírus foi o primeiro a receber a dose da vacina em Dourados. Valdeci Santana, 50 anos, atua em unidades de saúde e na UTI do HU (Hospital Universitário) de Dourados, onde convive diariamente com pessoas infectadas pelo vírus. Assim que recebeu a dose comemorou e disse que a vacina representa esperança de dias melhores.

 Segundo o plano de imunização municipal, 14.894 pessoas serão vacinadas nessa primeira fase. Destas, 11.600 são indígenas acima de 18 anos. Cada pessoa deverá tomar duas doses, sendo a segunda 28 dias depois da primeira.

A solenidade que marcou oficialmente o início da vacinação em Dourados foi no posto de Saúde da Vila Índio e contou com a presença do prefeito de Dourados, Alan Guedes, vice-prefeito, Guto Moreira, secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, secretário municipal de saúde, Frederico de Oliveira Weissinger, vereadores  e demais autoridades.

 Ainda nesta terça-feira (19) os outros idosos que vivem no Lar estão sendo imunizados, além da equipe de saúde que trabalha no local. A instituição conta com 31 idosos, entre 60 e 102 anos.

O prefeito Alan Guedes falou do marco que a campanha representa. “ No mesmo dia que Dourados chega a marca de 200 mortes por Covid-19 tivemos esse momento, que representa uma renovação para nossas esperanças, a vitória da ciência. Que possamos com apoio do governo do Estado, com apoio dos laboratórios retomar a vida, cuidar da nossa população”, declarou visivelmente emocionado.

Próximos passos

Geraldo Resende garantiu que Dourados terá atenção especial e poderá receber, já na próxima semana, mais doses. “É um município que tem a maior reserva índigena do Estado, além disso, a população idosa também é numerosa”, lembrou.

Mais Artigos...