Dourados-MS,
PRINCIPAL OK

O douradense está de volta ao Parque Rego D’Água. O trabalho de revitalização do espaço público de lazer e práticas esportivas ainda não terminou, mas neste sábado (2), o prefeito Alan Guedes esteve no local para acompanhar a devolução do parque, localizado no Grande Água Boa, à população. Foi o primeiro dia de portões abertos após anos. A resposta foi imediata, com crianças jogando bola nas quadras e famílias aproveitando os gramados.

Na visita, o prefeito esteve acompanhado do vereador Cemar Arnal e do secretário de Serviços Urbanos, Romualdo Diniz Salgado Junior. Alan conversou com os moradores da região que passeavam pelo parque, bateu bola com as crianças e ouviu dos responsáveis pelo trabalho o que ainda vai ser feito no espaço.

O trabalho de recuperação no Parque Rego D’Água começou em 2021, primeiro ano da atual gestão. As dependências foram saqueadas após o abandono de gestões anteriores. Parte da fiação elétrica de iluminação internas e externa foi furtada, assim como portas, janelas, pias e privadas. O mato tomou conta e o córrego ficou cheio de lixo. Tudo foi limpo e recuperado pela equipe da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos).

Na primeira etapa, o cuidado foi com a recuperação dos prédios do parque, todos depredados. Foram reformados o Posto da Guarda Municipal, as guaritas, os banheiros, cantina e o cercamento das áreas esportivas. Depois foi feita a recuperação de toda instalação elétrica, desobstrução das valetas que impediam a passagem da água no córrego que dá nome ao parque. Ao todo foram retirados, até agora, mais de 60 caminhões de lixo e entulho neste trabalho de revitalização que ainda não terminou e seguirá nas próximas semanas. “Mas é importante dizer que o trabalho de manutenção agora será constante”, explica Romualdo Diniz, secretário de Serviços Urbanos.

Para evitar as ações de vandalismo que sempre foram críticas, a Guarda Municipal vai manter vigilância constante e presencial no Parque Rego D’Água. Além disso, foram instaladas 13 câmeras de vigilância conectadas não apenas na central no Posto, mas também no Comando da GMD. “Além do cuidado com o patrimônio público, a presença da Guarda Municipal é, principalmente, para que a população douradense visite e usufrua do espaço com total segurança e tranquilidade”, afirma Sérgio Mondadori, diretor de operações da GMD.

Os portões do Parque Rego D’Água ficarão abertos todos os dias, das 8h às 22h.

A Prefeitura de Dourados, por meio do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), segue com a campanha de vacinação antirrábica de forma itinerante pelos bairros da cidade. A vacina é destinada para cães e gatos de três meses ou mais, sendo gratuita para toda comunidade.

Nesta semana, entre os dias 4 e 8 de julho, equipes percorrem os seguintes bairros: Jardim Santa Maria, Jardim Santa Hermínia e imediações. “É importante que o tutor dos animais estejam em casa para que a vacina seja aplicada, mas, caso a vacinação itinerante já tenha passado pelo seu bairro, nós continuamos com a vacinação na sede do Centro de Controle de Zoonoses”, destacou o coordenador do CCZ, Luís Carlos Luciano Júnior.

Para a vacinação na sede, basta levar o animal de estimação que será vacinado. A aplicação da dose é feita apenas pelo agente, não sendo permitido levar doses para outros cães ou gatos.

Serviço: O CCZ está localizado na rua Vicente Lara, 855, Jardim Guaicurus.. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13 às 17h. Mais informações através dos telefones 3411-7753 e 99960-9028 (whatsapp).

Dois importantes projetos para Dourados, segundo maior município de Mato Grosso do Sul, estão em pleno andamento: a obra de infraestrutura urbana da Avenida Coronel Ponciano e o projeto arquitetônico do novo terminal de passageiros do Aeroporto Regional Francisco de Matos Pereira.

Depois de duas licitações desertas, a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) abriu uma nova licitação, do tipo menor preço, para escolher a empresa que vai executar a obra de infraestrutura urbana - pavimentação asfáltica, drenagem de águas pluviais, restauração funcional do pavimento, ciclovia e sinalização viária na Rua Coronel Ponciano de Mattos Pereira, entre Avenida Marcelino Pires e BR 163. O lançamento do terceiro processo licitatório foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) na sexta-feira (1°) e as empresas interessadas têm até dia 4 de agosto de 2021 para apresentar suas propostas.

O DOE também trouxe, na sexta, o extrato de contrato para a elaboração do projeto arquitetônico do novo terminal de passageiros do Aeroporto Regional Francisco de Matos Pereira. O projeto será executado pela Econômica Engenharia e Obras LTDA e, conforme o documento, o contrato deve ser concluído no prazo de 240 dais, contados do recebimento da Ordem de Início de Serviços (OIS). Somente depois da fase de projetos será possível determinar o valor exato a ser investido no novo terminal que será construído com recursos próprios do Governo do Estado.

“São dois investimentos importantes para Dourados, o primeiro vai melhorar a infraestrutura de uma das principais avenidas do município e o segundo modernizando o aeroporto, que é a ‘porta de entrada’ da cidade. Obras que garantem boas condições para que a cidade siga no caminho do desenvolvimento”, destacou o secretário de Estado de Infraestrutura, Renato Marcílio.

Na manhã desta quarta-feira (29) o deputado estadual Renato Câmara, criador e coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, participou do Primeiro Seminário Junho Prata em Dourados. Com proposição do vereador Sergio Nogueira, o evento trouxe à tona importantes temas, como a violência contra a pessoa idosa e levantou ações para a promoção de maior qualidade de vida a esse público.

O deputado é autor da Lei nº 5.546, que institui a campanha de conscientização e o combate a violência contra a pessoa idosa em todo o Mato Grosso do Sul, nomeada “Junho Prata”.

“Hoje, aqui em Dourados, demos um passo muito importante na construção das políticas públicas para o combate a violência contra a pessoa idosa. O ‘Junho Prata’ tem feito esse levante e buscado parcerias, como a do vereador Sergio Nogueira que criou a campanha a nível municipal aqui na cidade e que junto a nossa lei estadual tem dado frutos”, ressalta o parlamentar.

Durante o evento Renato chamou atenção para os diferentes tipos de violência cometidas contra esse público, que em boa parte dos casos tem como autores pessoas do convívio das vítimas, como parentes, cuidadores, vizinhos, entre outros.

“Essa é uma violência silenciosa e que na maioria dos casos é praticada por pessoas próximas às vítimas, como familiares, por exemplo. Ela não é apenas física, mas acontece também quando a pessoa idosa é lesada em um golpe, quando alguém abusa da falta de conhecimento e pega seu cartão de aposentadoria ou ainda pelas agressões verbais, que tanto os machucam”, afirma o deputado.

Renato Câmara também falou sobre a importância da denúncia de casos como esses e tantos outros que acontecem diariamente, além disso, ressaltou as ações realizadas pela Frente Parlamentar em todo o Mato Grosso do Sul.

“Nós temos buscado ações para que a denúncia possa acontecer de forma mais fácil e eficaz, garantimos leis que asseguram os direitos da pessoa idosa, como o passe livre, o desconto na CNH entre outros. Precisamos discutir essas políticas, apresentar essas questões que, uma vez resolvidas, oferecem melhor condição de vida à pessoa Idosa”, finaliza o deputado.

Nesta quarta-feira (30), o Renato participa do 7° Seminário em Combate à Violência Contra a Pessoa Idosa, que acontece em Campo Grande a partir das 8h, com transmissão ao vivo na página oficial do deputado no Facebook, clique aqui para seguir a página e acompanhar a programação.

Mais Artigos...