Dourados-MS,

Morreu neste sábado (13/06) em Dourados a psicóloga Malory Maria de Melo, 54 anos, vítima da Covid-19, ela ficou internada no Hospital da Cassems desde o dia 04/06.

Malory era funcionária contratada da Prefeitura Municipal de Dourados e exercia suas funções no Posto de Saúde da Vila Rosa, no combate ao novo coronavírus.

Com resultado positivo para Covid-19, Malory estava em quarentena em casa e como o quadro se agravou, a servidora foi internada no domingo (07/06) na UTI do Hospital da Cassems.

A família de Malory Maria está em isolamento e sendo monitorada desde do dia que ela apresentou os primeiros sintomas da Covid-19 e deverão repetir o exame nesta segunda-feira (15).

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MP-MS) requisitou, nesta sexta-feira (12), em ofício de urgência à prefeitura municipal de Dourados, o reforço na instalação de barreiras sanitárias, fiscalização do isolamento social, ampliação de leitos para combate à Covid-19 e acompanhamento de pacientes suspeitos e confirmados do coronavírus no município.

De acordo com o MP-MS, o pedido foi após informações obtidas junto a unidades hospitalares, que indicam uma alta na taxa de ocupação de leitos destinados ao tratamento de pacientes suspeitos ou confirmados com Covid-19. "Ciente da gravidade do momento", o Ministério Público pediu que as providências sejam adotadas no prazo de até 48 horas, sob pena de incidir em sanções ao município.

A taxa de ocupação dos leitos em Dourados, entre públicos e particulares, é de aproximadamente 42,59% para clínicos e 42,28% em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo o Promotor de Justiça Ricardo Rotuno, as medidas precisam ser adotadas com urgência para evitar o avanço dos casos e também impedir um colapso no sistema de saúde.

Dourados é o município com mais casos de Covid-19 em Mato Grosso do Sul, com 1.034, registrando 31% de todos os casos de coronavírus no estado. Dois pacientes da cidade morreram pela doença. Um deles, de um homem de 56 anos, ocorreu no estado de Tocantins.

Em 2012, a família Seibt investiu na rede hoteleira de Dourados com a inauguração de uma unidade da rede franqueadora Hotel 10, no prolongamento da Avenida Marcelino Pires, número 10105, até então uma área pouco explorada comercialmente na Cidade. O
empreendimento cresceu e anexo a ele hoje se encontram o Ipê Dourado Restaurante e o Posto de Combustível Seibt Auto Express, agregando praticidade aos hóspedes e viajantes.

Para o ano de 2020 a grande novidade é a saída da rede de franquias e o anúncio de uma nova marca: O H+ Hotel. Como o nome já anuncia, o conceito é somar mais qualidade, conforto, praticidade e um ótimo atendimento ao serviço de hospedagem. O hotel passará a ser uma empresa genuinamente douradense, voltada para quem deseja conhecer ou vem a negócios para a segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.

Com a marca própria, os proprietários pretendem ampliar serviços que antes não podiam ser feitos no padrão da franquia. Em breve os clientes terão acesso a promoções e novidades com o site do H+ Hotel, que será lançado até o começo do mês de agosto e possibilitará reservas online.

Para o empresário Luis Carlos Seibt, administrador do H+ Hotel, o desafio atual é ressaltar as qualidades de um serviço que já era oferecido na cidade e será aprimorado, buscando sempre a satisfação dos clientes: “Temos hóspedes que estão conosco desde o início das atividades e para eles o nosso Hotel sempre foi uma segunda casa. Queremos que mais pessoas conheçam o H+ Hotel e iremos focar na excelência de atendimento’’, ressalta.

As reservas no H+ Hotel podem ser feitas pelo telefone (67) 3410-4410 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Apenas uma chapa apresentou ontem (10) candidatura e está em condições para concorrer às eleições do Sinjorgran (Sindicato dos Jornalistas Profissionais na Região da Grande Dourados) para o triênio 2020-2023.

Intitulada “Avante, Sinjorgran!”, a chapa tem a seguinte composição: Diretoria – João Carlos Torraca para presidente, Flávio Verão para vice-presidente, Marciel Arruda para 1º secretário, Gessé André para 2º secretário, Karine Segatto para tesoureira, Sérgio Quinhones para diretor de assistência social e Luciano Serafim para diretor cultural e recreativo; Conselho Fiscal - Ariadne Bianchi, Fábio Dorta e João Rocha como titulares e, Gizele Almeida, Fabiane Dorta e João Silva como suplentes; Comissão de Sindicância - Graziela Moura de Souza para presidente, Diógenes Fernandes para vice-presidente, e Gracindo Julio para secretário; Delegação junto à FENAJ - Antonio Coca e Aliny Fernandes como titulares e, Carlos Ferraz e Rogério Vidmantas como suplentes.

A formação da chapa única aconteceu no segundo prazo para inscrição de candidatos, conforme edital nº 2 de convocação de assembleia geral ordinária, publicado no Caderno de Atos Oficiais do jornal Diário MS, em 5 de junho.

A relação dos associados do Sinjorgran em condições de votar será divulgada com antecedência de cinco dias da data da eleição. São condições para o exercício do direito de voto em eleição: ter mais de seis meses de inscrição no quadro social do Sindicato; estar em gozo dos direitos conferidos pelo Estatuto; ter quitado a contribuição sindical até 10 dias antes das eleições. Além disso, vale lembrar que jornalistas que estão na situação de empregadores (pessoa jurídica) não possuem direito de voto em assembleia.

VOTAÇÃO

A votação será em assembleia geral ordinária convocada para o dia 22 de junho, às 19h, na sede do sindicato, localizada na Avenida Joaquim Teixeira Alves, 1985, sala 07, Centro de Dourados.

Como forma de evitar aglomerações e seguir as medidas de proteção para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o eleitor deverá usar máscara e luvas e, se houver fila, será garantido o distanciamento do 1,5 metro entre os participantes.

O processo eleitoral para a diretoria 2020-2023 foi iniciado em 22 de maio, com a publicação do edital de convocação na edição do jornal Diário MS, página 6 do Caderno de Classificados/Atos.  O mandato da diretoria atual, presidida por Karine Segatto e Ariadne Bianchi, irá até 23 de julho.

SINJORGRAN

Fundado em 9 de dezembro de 1989, a jurisdição do Sinjorgran é sobre 25 Municípios localizados mais ao Sul de MS: Dourados, Itaporã, Fátima do Sul, Rio Brilhante, Maracaju, Caarapó, Ponta Porã, Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Naviraí, Eldorado, Itaquiraí, Mundo Novo, Deodápolis, Iguatemi, Nova Andradina, Ivinhema, Gloria de Dourados, Angélica, Tacuru, Paranhos, Sete Quedas, Coronel Sapucaia e Bataiporã.

Mais Artigos...