Dourados-MS,
BANNER 1 - Camra-20-11- (1000X90)

Sonora - Temperatura atingiu 41,2ºC na cidade do Norte de MS, mais quente que Cuiabá (MT)

Foto - Divulgação

Outras Cidades
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Não há dúvidas. A semana começou quente em todo o Estado de Mato Grosso do Sul e, para os que gostam de altas temperaturas, é que o “forno” ainda está sendo ligado. O calor deve continuar nos próximos dias, e há chances de o Estado continuar contribuindo para o ranking das cidades mais quentes do país. Nesta segunda-feira (24), foi a vez de Sonora, no norte do Estado, e distante 366 quilômetros da Capital, figurar no TOP10 das altas temperaturas: 41,2ºC, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). 

A temperatura foi captada pela estação automática do Inmet na cidade, às 14h desta segunda-feira. O que os moradores da cidade esperam, é que ela caia ao longo do dia. 

Quando se trata de calor, neste dia 24 de setembro, Sonora só perdeu para a cidade de Gilbués, no sertão do Piauí, onde os termômetros marcaram, há pouco, 43,8ºC.

A terceira mais quente no ranking das mais quente é conhecida pelo “inferno” ao ar livre em todo o Brasil: Cuiabá, onde a máxima chegou a 41ºC nesta segunda-feira. 

Mato Grosso do Sul

O mesmo Inmet mostra que este dia 24 de setembro é quente nos quatro cantos de Mato Grosso do Sul. Em Três Lagoas, por exemplo, às 14h os termômetros marcavam 40,3ºC. 

Também está quente em Porto Murtinho, na região Sudoeste: 37,6ºC. No Sul de MS, em Itaquiraí, a temperatura já chegou a 36,4ºC.

Em Campo Grande não é diferente: a estação automática do Inmet registrou 35,8ºC às 14h.
Para os próximos dias, na Capital e no interior, o calor deve continuar, mesmo com a previsão de chuvas esparsas. Sinais da primavera, estação que teve início na noite do último sábado.

 

Correio do Estado