Dourados-MS,
BANNER 1 - Camra-15-09- (1000X90)
Grid List

Chegou em Dourados o MAIS DELIVERY, Seu Aplicativo Multidelivery
Nunca foi tão fácil, fazer seus pedidos e receber no conforto do seu lar!

 WhatsApp Image 2020 06 09 at 13.20.02

O Mais Delivery está em plena expansão e chegou a Dourados -MS, para proporcionar uma facilidade a mais aos usuários em poder usar um único aplicativo para pedir praticamente de tudo.

O Mais Delivery oferece um serviço diferenciado aos usuários, com uma grande variedade de estabelecimentos em diversas Categorias, nos diferenciamos por oferecer diversos segmentos, tais como: Pizzarias, hamburguerias, lanchonetes espetinhos, batatas recheadas, sorveterias, açaí, comida japonesa, bebidas tereré, gás de cozinha, e muito mais.


Nossa proposta é facilitar o contato entre consumidor e estabelecimento através da internet, democratizando e revolucionando a forma de pedir online.

Atualmente estamos atuando em 12 estados mais o Distrito Federal totalizando 50 cidades.


Você Usuário pode fazer seus pedidos através do:


APP


O aplicativo da Mais Delivery está disponível para download no Google Play e na App Store.


Link Para Download Android:


Clique Aqui


Link Para Download IOS


Clique Aqui


Instagram 


Clique aqui


As empresas interessadas devem preencher o pré cadastro no Mais Delivery através deste formulário que entraremos em contato!

Gerentes de Negócios:

Maysa Claudino - +55 67 99281-1030

Um pintor de 32 anos, que chegou em Dourados na noite de ontem com um amigo para iniciar um trabalho de pintura em um prédio comercial da cidade, localizado no Jardim Londrina, foi atingido no pé esquerdo com um disparo de arma de fogo.

A vítima procurou a Polícia Civil e relatou que estava com o colega aguardando a abertura da porta, momento em que dois homens passaram de motocicleta e um deles efetuou os disparos. O homem foi levado pelo Corpo de Bombeiros para uma unidade hospitalar.

 

 

DdosAgora

Investigação aberta nesta semana pelo promotor de Justiça Ricardo Rotunno para apurar a regularidade de dispensas de licitação feitas pela Prefeitura de Dourados resultou em solicitação para que as empresas fornecedoras dos produtos enviem documentação para justificar eventuais aumentos de preços.

O Inquérito Civil nº 06.2020.00000466-0 tem foco com contratos homologados no dia 31 de março para aquisição de álcool em gel, avental descartável, de óculos de proteção e testes rápidos para diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19), pelo valor total de R$ 247.960,00.

Em despacho proferido na terça-feira (7), o titular da 16ª Promotoria de Justiça determinou que fosse requisitado à Secretaria Municipal de Fazenda o envio de cópia integral dos processos de dispensa de licitação números 017, 018 e 019/2020/DL/PMD, no prazo de até 10 dias úteis, por e-mail.

Ele também ordenou que as empresas vencedoras dos certames, Aguia Distribuidora de Medicamentos e Suprimentos Eireli (CNPJ: 27.789.446/0001-01), J B Cardoso Serviço de Transporte Ltda - ME (CNPJ: 17.918.110/0001-30) e Diagnolab Laboratórios Eireli (CNPJ: 10.396.394/0001-00), no prazo de até 10 dias úteis, encaminhem relatórios com comprovação de preços por elas praticados, nos últimos 12 meses, para a venda dos produtos a serem fornecidos ao Município de Dourados, justificando eventual aumento dos valores.

Nesta semana, questionado sobre o fato de meio litro álcool gel 70% ter custado R$ 37,90 aos cofres públicos municipais, o advogado Alexandre Mantovani, assessor especial da prefeita Délia Razuk (PTB), encaminhou à imprensa a justificativa do departamento de licitações.

“Os orçamentos realmente estão acima dos valores normais, por conta da demanda. Falta matéria prima para fabricação, consequentemente as empresas quase não recebem produtos para fornecer. Então fica difícil os orçamentos. Quando tem eles dão preferência para quem paga a vista, que não é o caso da prefeitura. Sempre pagamos com um prazo de pelo menos trinta dias. Estamos com esse problema em todos os materiais de proteção, como, álcool gel, máscaras, avental, sapatilha propé e os testes covid”, detalhou.

No mês passado, por meio do Decreto nº 2.477 de 20 de março de 2020, a prefeita declarou situação de emergência no Município de Dourados por causa da pandemia do novo coronavírus e definiu medidas de enfrentamento da doença.

Com isso, autorizou dispensas de licitação e contração temporária de pessoal para atendimento da demanda emergencial.

 

 

DouradosNews

O contador Aparecido Ferreira da Silva, 49 anos, que estava desaparecido desde o dia 24 de março, em Campo Grande, foi encontrado morto na tarde de ontem (26) em uma área rural na saída para Sidrolândia. Ele foi vítima de latrocínio.

Conforme apurado pelo Campo Grande News, os autores, identificados como Ryan Vitor, 19 anos, e Paulo Mendes, 20 anos, cometeram o crime para roubar o carro do contador, um Chevrolet Celta.

Na tarde de terça-feira (24), após fazer o último contato com a esposa pelo celular, Aparecido se encontrou com a dupla e, enquanto ele dirigia, os jovens anunciaram o assalto. A vítima reagiu e foi morta a facadas.

Não há detalhes sobre as circunstâncias que levaram o contador ao contato com os rapazes.

Durante as investigações, policiais da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídio) localizaram o carro de Aparecido em uma oficina mecânica na Capital. A dupla foi encontrada em uma casa nas proximidades do Terminal Bandeirantes.

Ryan e Paulo foram presos em flagrante e responderão por latrocínio e ocultação de cadáver.

Um dos jovens também foi enquadrado em tráfico de drogas. Na casa dele, foram encontrados 20 gramas de cocaína, preparada para a comercialização.

Um motorista de aplicativo, de 44 anos, que estava desaparecido há 15 dias, foi encontrado morto, nesta quinta-feira, dia 19 de setembro, às margens da rodovia BR-262, na saída para Três Lagoas, em Campo Grande.

Segundo o site Campo Grande News, em seu último contato por chamada de vídeo com a esposa, no dia 04 de setembro, Ivonaldo Miguel Rosa estava aparentemente abatido, segundo a mulher. Ainda conforme o boletim de ocorrência sobre o desaparecimento ela teria pedido para que ele a fosse buscá-la no emprego, pois precisava ir ao médico, mas ele disse que não poderia.

A esposa do rapaz desligou o telefone e ao chegar em casa encontrou o veículo de Ivonaldo, seus documentos e o celular, mas desde então ela não era mais visto. À polícia a esposa do rapaz ainda relatou que o casal passava por dificuldades financeiras. Ele era técnico de informática, mas há dois anos trabalhava como motorista.

Segundo a mulher o marido também tinha surtos frequentes em que dizia que ia se matar. Contudo, nesta quinta-feira (19) ele foi encontrado à margem da rodovia e os indícios no corpo, indicam que a causa da morta tenha sido por asfixia.

O corpo foi reconhecido pela família no IML (Instituto Médico Legal) e a perícia ainda deve confirmar se a morte foi de fato decorrente de um suicídio.

Funcionários e clientes da farmácia Pag Menos, localizada na Avenida Calógeras, na região central de Campo Grande, foram rendidos por um bandido armado na noite de ontem (23). O assaltante deixou o local levando dinheiro e celulares.

Segundo informações do boletim de ocorrência, uma mulher de 50 anos procurou a polícia e relatou que, ao entrar na farmácia, por volta das 19h20, foi rendida por um assaltante que estava atrás do balcão.

O bandido anunciou o assalto, mandou que a vítima entregasse a bolsa e fosse para os fundos do prédio, onde estavam outros clientes e funcionários do estabelecimento.

Pouco tempo depois, o bandido fugiu do local levando celulares e dinheiro das vítimas. Não foi informado o valor que o suspeito levou da farmácia.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

(Campo Grande News)

Advertisement