Dourados-MS,
Camara- (1000x90)

O caso foi registrado no final da tarde de ontem (12). De acordo com a vítima uma pessoa mandou mensagem se passando por uma amiga, dizendo que estava precisando de um favor, pois estava com problema no aplicativo e precisava fazer um pagamento com urgência.

Na sequencia, o golpista perguntou se ela poderia depositar a quantia de R$ 1.500, a vítima acreditando se tratar realmente da amiga, depositou o valor na conta. Após entrar em contato com a verdadeira amiga constatou que caiu em um golpe. A Polícia Civil investiga o caso.

Um homem de 47 anos, condenado a 108 anos de prisão pelo crime de latrocínio, foi preso agora pouco por policias da Força Tática em Dourados após roubar um celular.

A vítima deixou a filha na escola Delphos, na região central, e foi surpreendida pelo homem que a empurrou bruscamente e tomou o celular.

A mulher acionou a polícia, que durante buscas encontrou o acusado em uma bicicleta, nas proximidades do bairro João Paulo II.

O autor, que é portador de tornozeleira eletrônica, tentou fugir, mas foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu na madrugada desta terça-feira (11/2), em Dourados, 40 mil pacotes de cigarros contrabandeados de Paraguai durante abordagem a uma carreta no km-272 da BR-163. 

O condutor conseguiu fugir. Antes, ele foi perseguido e ‘jogou’ o veículo por diversas vezes contra a viatura. 

Conforme a ocorrência, por volta de 4h30 os agentes realizaram abordagem de rotina ao motorista da Scania, que não respeitou o sinal de parada. 

Durante perseguição, por vezes o condutor tentou bloquear a viatura ou jogar os semirreboques sobre ela para evitar a abordagem. 

No perímetro urbano da Vila São Pedro, distrito de Dourados, o condutor abandonou o caminhão e fugiu. 

Sob a lona do caminhão, os policiais encontraram 800 caixas de cigarros das marcas Fox e Eight, totalizando 40 mil pacotes.

A mercadoria e o caminhão acabaram encaminhados à Receita Federal de Ponta Porã, já que não houve flagrante.

Homem de 76 anos foi preso na noite de sexta-feira (7/2) em Dourados após agredir a companheira, de 68, com uma enxadada na cabeça. O fato ocorreu por volta de 22h30, na rua José Martins, Vila Cachoeirinha. 

Conforme relatado pelo autor à polícia, ambos estão em processo de separação e ontem começaram a discutir. 

Em determinado momento a mulher teria retirado os pertences do idoso da casa. Logo depois, ainda segundo o relato dele, o filho da vítima tentou agredi-lo. 

O homem então se apossou de uma enxada e golpeou a companheira na cabeça. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e encaminhou a vítima até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) com ferimento leve.  

Já o autor acabou preso e autuado em flagrante na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) por violência doméstica. 

Uma jovem de 18 anos, identificada como Elen, ficou ferida em um acidente de trânsito ocorrido no prolongamento da Avenida Marcelino Pires, próximo ao Monumento ao Colono, em Dourados.

Ela pilotava uma moto que colidiu com um carro. As circunstâncias do acidente ainda estão sendo apuradas.

A jovem foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada inconsciente para o Hospital da Vida, o estado de saúde inspira cuidados.

Um idoso de 68 anos, morador no Jardim Raslem, foi roubado na noite de segunda-feira (10/2), em Dourados, após dar carona a uma travesti. O caso ocorreu na avenida Independência, no Jardim Itália. 

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 19h30 a vítima usava o terminal de autoatendimento de uma agência bancária localizada na avenida Joaquim Teixeira Alves, quando começou a conversar com a suspeita. 

Momentos depois, a travesti pediu carona e o homem aceitou leva-la.

Ainda segundo relato do idoso, ao chegar na avenida Independência, a suspeita pegou a carteira da vítima e fugiu levando documentos pessoais, cartões e R$ 850. 

O caso foi denunciado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e será apurado. 

A professora de Dourados Marilza Dias dos Santos, de 47 anos, foi encontrada no início da tarde desta quarta-feira (05). Ela chegou até a casa de um familiar em Campo Grande, que tratou de avisar aos demais parentes e amigos.

O filho de Marilza foi quem anunciou em sua mídia social que sua mãe havia sido encontrada. "Ela estava em Campo Grande e acabou indo na casa de uma tia que nos informou. Ela está fisicamente bem, mas emocionalmente muito abalada", postou Gustavo, que ainda agradeceu a todos que se mobilizaram.

A professora estava desaparecida desde o último sábado (2). Ela estava em Dourados em uma festa na casa de amigos, saiu e viajou para Campo Grande sem comunicar ninguém.

No domingo visitou amigos na Capital por volta de 10h e desde então não foi mais vista.

Mais Artigos...