Dourados-MS,
BANNER 1 - Camra-20-11- (1000X90)

Lailla Cristiane Arruda, 19, foi brutalmente assassinada na cidade de Sonora, extremo norte de Mato Grosso do Sul. Policiais encontraram o corpo da vítima na tarde de ontem (1°). 

Segundo informações, Lailla seria natural de Rondonópolis (MT) e teria relação com facções criminosas do estado. A vítima já vinha sofrendo ameaças há algum tempo, conforme noticiou o Coxim Agora.

Ainda de acordo com o site, quatro homens foram presos e confessaram o envolvimento com o crime. Eles relataram aos policiais que na quinta-feira (31) teriam se encontrado com a jovem, que não sabia que seria morta. 

Lailla entrou em um VW Gol e foi levada até um canavial próximo ao rio Confusão, na zona rural da cidade e arrancada para fora do veículo. Eles obrigaram a vítima a ficar de joelhos e um deles, adolescente de 17 anos, golpeou o pescoço da vítima com extrema violência. 

A cabeça da mulher chegou a ser arrancada para fora do corpo.

A polícia chegou até os suspeitos na noite de ontem (1°) após testemunhas denunciarem que a jovem teria sido vista pela última vez na companhia de Rodrigo França, de 21 anos, Alexandro Silva dos Santos, de 24 anos e dois adolescentes de 15 e 17 anos.

Os acusados disseram que a vítima fazia “leva e traz” de informações entre facções criminosas rivais que atuam em MS e MT. O crime chocou a cidade, que abriga pouco mais de 15 mil habitantes, e foi classificado como “julgamento no tribunal do crime”.

 

 

Dourados news

Foto - Osvaldo Duarte

O ciclista atropelado e morto na manhã desta sexta-feira (1/6) em Itaporã teria tentado cruzar a avenida José Maria Bezerra Lima na frente da carreta conduzida por motorista douradense de 37 anos. 

João Anibal, 67, morador em Pedra Bonita, distrito daquela cidade, não observou o veículo e acabou morrendo no local. 

O rapaz seguia pela via sentido Maracaju atrás de duas carretas, quando o ciclista entrou em sua frente. 

O motorista diz que não conseguiu desviar e o atingiu.

A perícia esteve no local e o corpo do idoso foi trazido para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Dourados. 

 

 

Dourados News

Após briga com a esposa, um homem de 40 anos foi esfaqueado na perna direita na tarde de quinta-feira (31) na vila Fátima em Rio Brilhante.

A mulher de 43 anos foi presa a aproximadamente 800 metros do local do crime, tentando fugir para as margens da BR 163.

De acordo com o site Rio Brilhante em Tempo Real, a vítima foi atingida na perna direita e perdeu bastante sangue. A Polícia Militar esteve no local e o levou uma ambulância até o hospital da cidade.

 

A mulher disse que ambos são usuários de drogas e hoje brigaram em razão do uso do entorpecente, por causa de 50 reais que a vítima teria gastado sem o consentimento da mulher.

Ela apresenta uma lesão em um dos dedos da mão. De acordo com ela ocasionado pelo companheiro. O homem estaria com a faca, mas ela conseguiu tirar a faca do marido e o golpeou, a legando legitima defesa.

O caso foi registrado como lesão corporal reciproca, e, após ser ouvida pela polícia a mulher de 43 anos foi liberada.

 

 

Midiamax

Dupla foi presa em flagrante por furto e receptação de bovinos (abigeato) - Foto: PMA Divulgação

Denúncia de crime de abigeato (furto de animais) foi atendida pela equipe de Policiais Militares ambientais (PMA), do grupamento de Bonito, na tarde de sábado (26), em uma propriedade rural localizada no município de Anastácio. 

Segundo a ocorrência, dois homens foram presos pelo furto e ao chegar no local, os policiais, estavam carneando uma vaca que seria transportada em um veículo Toyota Hilux. 

 O gerente da propriedade, um homem de 50 anos foi responsabilizado pelo furto do animal e vendeu para outro cidadão, de 42 anos, residente no distrityo de Águas do Miranda.

Em razão do flagrante, a PMA deu voz de prisão e encaminhou a carne, veículo e infratore à delegacia de Polícia Civil em Anastácio. 

Os dois foram autuados por furto e receptação, crime que pode resultar em pena de um a quatro anos para cada procedimento irregular. 

 

 

Correio do Estado

Duas das embarcações apreendidas pela PMA durante ação. - Foto: Divulgação

ampo-grandense e outras duas pessoas foram autuados pela Polícia Militar Ambiental na tarde de ontem, pela prática de pesca ilegal no rio Miranda, no distrito de Águas do Miranda, município de Bonito. O grupo foi multado em R$ 1.500 e teve as embarcações apreendidas. O trabalho é resultado da Operação Corpus Christi, deflagrada quarta-feira.

Durante fiscalização, a PMA avistou três homens, um residente em Campo Grande, de 49 anos, um de 58 anos, residente em Santa Helena (PR) e outro de 54 anos residente em Votuporanga (SP), inciando a pesca sem autorização legal. No momento da abordagem eles ainda não havia capturado nenhum exemplar de pescado, afirma a polícia em nota.

Foram apreendidos três barcos, três motores de popa e três molinetes com varas. Cada infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 500, perfazendo R$ 1.500. A pesca sem licença não é crime ambiental, porém, a PMA alerta que o documento é necessário para a pesca no Estado e sua falta caracteriza-se como infração.

 

Correio do Estado

Foto - Divulgação

Uma suposta liderança do movimento dos caminhoneiros na região de Ponta Porã foi preso na quarta-feira (30), pela equipe de plantão da Polícia Rodoviária Federal (PRF/MS), depois de ameaçar e quebrar o para-brisa do caminhão de um condutor que decidiu sair da manifestação, na BR-463, km 106. 

Inicialmente, os agentes receberam informação de que o motorista foi impedido de sair do local, mas, com ajuda da PRF conseguiu seguir viagem com destino a Ponta Porã. 

Alguns minutos depois, Vanderlei de Almeida, 46 anos, conduzindo uma motocicleta seguiu novamente o caminhoneiro e quebrou o para brisa do veículo, nas proximidades do trevo da Universidade Estadual de MS (UEMS).

Após o segundo contato, a equipe foi até o local e efetuou a prisão do 'lider' do movimento, encaminhando para a 2ª Delegacia de Polícia de Ponta Porã. 

 

Correio do Estado

O Corpo de Bombeiros apagou as chamas e realizou o procedimento de resfriamento do local - Foto: Maikon Leal/Coxim Agora

Veículo Gol, com placas aparentes de Dourados, foi encontrado em chamas pelo Corpo de Bombeiros, na noite de ontem (22), em estrada rural, próximo ao Bairro Previsul, em Coxim. Não havia ninguém dentro do carro. 

Segundo boletim de ocorrência, por volta das 23h, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados no endereço. Os militares apagaram o fogo e fizeram o procedimento de resfriamento do veículo.

Os bombeiros entregaram a placa aos policiais que acabaram descobrindo que o carro carro tinha sido furtado em São Gabriel do Oeste no mês passado.

A perícia foi acionada no local e o caso será investigado.

 

 

Correio do Estado

Mais Artigos...